• Novo canal de comunicação por whatsapp, através de nossa Central de Reservas:
  • +55 21 99855-0418 - Horário de atendimento: das 8h às 18h (exceto domingo)

Clube do Choro de Brasília e Escola de Música

Clube do Choro de Brasília e Escola de Música


Conheça o Clube do Choro de Brasília

 

Com sede projetada por Oscar Niemeyer, o Clube do Choro de Brasília é considerado uma das instituições culturais mais importantes do país.

 

Reconhecido com a Ordem do Mérito Cultural, a maior condecoração da cultura brasileira, e tombado pelo Governo do Distrito Federal como “patrimônio imaterial” de Brasília, o Clube do Choro é uma das principais atrações musicais da cidade.

 

A história começou com a inauguração da nova capital federal, em 1960, quando muitos funcionários públicos se transferiram do Rio de Janeiro. Entre eles, músicos como Bide da Flauta, primo de Pixinguinha, a pianista e professora Neusa França, compositora do hino de Brasília, e Waldir Azevedo, autor do clássico “Brasileirinho”.

 

clube_do_choro_brasilia_

 

Inicialmente, os encontros aconteciam na casa dos músicos. A partir da década de 1970, começaram as primeiras apresentações públicas e, em 1977, os chorões conseguiram a primeira sede, em um antigo vestiário do Centro de Convenções cedido pelo governo do DF. Em condições precárias e sofrendo seguidos roubos no início dos anos 1980, o local foi abandonado pelos frequentadores e músicos, e se deteriorou.

 

A situação voltou a melhorar na década de 1990, já com o atual presidente na direção, Reco do Bandolim (ou Jimi Reco, como era conhecido por ser notório fã de rock e Jimi Hendrix). Disposto a recuperar a sede, Reco conseguiu reformar com um projeto de Fernando Andrade, representante do escritório do arquiteto Oscar Niemeyer em Brasília. Concluída em 1997, músicos e público voltaram ao Clube, que passou a trabalhar com um calendário anual em homenagem a grandes nomes da música brasileira e transmissão de shows para a televisão. Reco também criou a Escola de Choro, inaugurada em 1998 e posteriormente batizada de Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello, que já teve o bandolinista e compositor Hamilton de Holanda na coordenação e oferece cursos de instrumentos como acordeon, bandolim, cavaco, clarinete, percussão, sax alto, viola caipira, violão 7 cordas e violino.

 

clube_do_choro_brasilia2

 

Apesar do sucesso, o Clube só teve uma sede a altura de sua grandeza a partir de 2011, quando foi inaugurado o Espaço Cultural do Choro, projeto doado por Oscar Niemeyer. Com 2.150 m2 de área construída, é composto por três setores bem definidos: sala de concertos/teatro-bar com capacidade para 420 lugares, salas de aulas, que atualmente contam com mais de 1.200 alunos, e pátio de convivência.

 

Os shows acontecem de terça a sábado, das 21 às 23h, com entrada a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada). Se você é de fora de Brasília, não deixe de conhecer. O Clube do Choro está a somente 5 minutos de carro dos hotéis  Windsor Plaza Brasilia e Windsor Brasilia.

 

Quem: Clube do Choro

Quando: Terça a sábado, das 21 às 23h

Onde: Setor de Divulgação Cultural, Bloco G – Eixo Monumental, DF

Quanto: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada)

Hospedagem: Windsor Brasilia e Windsor Plaza Brasilia

Porque: “É uma das instituições culturais mais importantes do país”, segundo o jornalista e historiador da MPB Sérgio Cabral


asasda
×